Infiltração sendo guiada por ultrassom Ortopedistas costumam usar injeções para tratar uma variedade de condições. Medicamentos comumente injetados incluem cortisona, anestésicos locais e lubrificantes articulares, como o ácido hialurônico. Em alguns casos, aplicar corretamente uma injeção no local apropriado não é tão fácil quanto parece. Algumas aplicações exigem que você acerte o alvo corretamente, geralmente com uma pequena margem de erro.

 As injeções articulares, por exemplo, precisam ser administradas dentro do espaço articular e não no tecido mole adjacente. Da mesma forma, as injeções de tendão devem ser administradas na bainha do tendão, a estrutura que cobre o tendão, e não o próprio tendão.

 Tradicionalmente, as injeções são realizadas  "às cegas", exigindo que o médico tenha um certo grau de experiência, delicadeza e conhecimento anatômico. Mesmo assim, não existem garantias de sucesso. Atualmente, ortopedistas como o Dr Daniel evitam, em grande parte, a abordagem tentativa-e-erro, utilizando tecnologias guiadas, como a ultrassonografia.

 

 

 Como as injeções guiadas por ultra-som são realizadas?

 

 Um dos dispositivos mais comumente usados ​​para injeções guiadas por imagens é o ultrassom. Um ultrassom é um exame seguro e não invasivo que usa ondas sonoras de alta frequência para produzir imagens de alta resolução em quase todas as partes do corpo. Até recentemente, eles eram usados ​​com pouca freqüência em um consultório ortopedista, porque eram pesados ​​ou caros (ou ambos). Hoje, os novos modelos portáteis oferecem a facilidade, precisão e resolução necessárias para uma gama mais ampla de procedimentos ortopédicos.

Imagem de US mostrando a agulha em local certo Injeções guiadas por ultra-som são realizadas da mesma forma que as injeções tradicionais. Para garantir que as imagens fiquem claras, um gel de ultra-som será aplicado diretamente na pele. O gel atua como um meio condutor que cria uma ligação firme entre a pele e a sonda de ultra-som. Isso garante que as ondas sonoras refletidas tenham interferência mínima.

A sonda, também conhecida como transdutor, é colocada próxima ou adjacente ao tendão ou articulação alvo. Uma vez que o Dr Daniel tenha identificado os pontos de referência anatômicos no monitor, a injeção será administrada usando uma agulha e uma seringa padrão. O ultra-som também permite visualizar fluidos para que você possa ver se a medicação está sendo distribuída exatamente onde você precisa. O procedimento é rápido, levando entre 10 a 20 minutos.

 

 

Referência: AAOS

 

 Dr Daniel Rezende, ortopedista em Porto Seguro Bahia